Baggers: Acadia Pharmaceuticals

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

1. O Movimento

A Acadia Pharmaceuticals subiu uns impressionantes 80 bags em apenas quatro anos e meio:

O máximo histórico foi fixado há pouco tempo, em dezembro de 2019, mas considero que será mais útil estudar a evolução entre o mínimo de 2010 e o máximo de 2015.

2. Descrição do Negócio

A Acadia é uma empresa biotecnológica focada no desenvolvimento e comercialização de medicamentos inovadores para tratar de problemas que têm a ver com desordens do sistema nervoso. A Acadia desenvolveu e comercializou o primeiro e único medicamento aprovado para o tratamento de alucinações e ilusões associadas à psicose da doença de Parkinson. A Acadia também tem em curso esforços de investigação noutras áreas, tais como psicoses que têm a ver com a demência, desordens causadas por depressões profundas, sintomas negativos da esquizofrenia e o síndroma de Rett. Poderá encontrar mais informação acerca da Acadia no site www.acadia-pharm.com.

3. Situação Fundamental no Fundo e no Topo

4. História breve

As biotechs jogam com regras diferentes das outras ações e quase que devemos esquecer tudo o que sabemos sobre Análise Fundamental quando estamos perante a tarefa de analisar uma empresa de biotecnologia.

De qualquer forma, no fundo, a Acadia Pharmaceuticals estava valorizada em apenas $25 M, o que era abaixo da sua posição de Net Cash, que estava nos $37 M. Antes de 2010 a empresa costumava ter Receitas anuais entre os $11 M de 2005 e os 1,6 M de 2008, mas em 2010 registou Receitas de $42,1 M devido a isto:

«We have incurred substantial operating losses since our inception due in large part to expenditures for our research and development activities. In October 2010, we entered into an agreement with Biovail Laboratories International SRL, a subsidiary of Biovail Corporation, pursuant to which we regained all rights to pimavanserin and concluded our earlier collaboration agreement. In connection with concluding this collaboration, we recorded $34.7 million in revenues during the fourth quarter of 2010, which resulted in us reporting net income for the fourth quarter and year ended December 31, 2010. However, we will no longer recognize revenues from the Biovail collaboration and we expect to continue to incur operating losses for at least the next several years as we pursue the clinical development of our product candidates. As of December 31, 2010, we had an accumulated deficit of $324.1 million.»

Ainda que este tenha sido um evento único, foi relevante do ponto de vista fundamental, porque uma empresa de $25 M, que tinha Net Cash de $37 M, teve uma infusão de cash adicional de $34,7 M. Incrivelmente, a ação desceu 19% na notícia, fixando o seu mínimo histórico dias depois:

As tendências revertem de formas estranhas… uma delas é descer nas boas notícias.

Nos mínimos, a Acadia Pharmaceuticals valia $25 M e poucos anos depois valia $5.230 M, ainda que continuasse sem Vendas e em 2015 tivesse tido um Prejuízo de $164 M.

Só conseguimos explicar esta enorme valorização através de uma série de catalisadores.

Primeiro, houve aquele acordo com a Biovail.

Segundo, em 27 de novembro de 2012, a Acadia teve o seguinte catalisador:

«Yesterday morning we finally got to see the much-anticipated data for Acadia Pharmaceuticals’ (NASDAQ:ACAD) Phase III trial, which tested its flagship drug pimavanserin for the treatment of Parkinson’s disease psychosis.

Reacting to the news, shares of ACAD rallied into the stratosphere and tacked on an incredible 136% by the closing bell — bringing the stock from $2.28 to $5.43 in a single trading session.»

Terceiro, em 4 de abril de 2013, a empresa anunciou o seguinte:

Nesta sessão a cotação subiu 64%, para os $13,1.

A partir deste ponto penso que a tendência ascendente foi uma extensão do efeito destes catalisadores e a antecipação de receitas reais e eventualmente lucros…

5. Conclusão

As biotecnológicas são “animais” muito diferentes das outras empresas, uma vez que podem valer vários milhares de milhões de dólares, mesmo que não tenham quaisquer Receitas e tenham Prejuízos avassaladores. Eventualmente a Acadia Pharmaceuticals começou a ter receitas reais, nos $17,3 M em 2016, $124,9 M em 2017, $223.8 M em 2018 e $338 M estimados para 2019. No entanto, também tem tido custos muitos avultados, e Prejuízos, sendo que os analistas prevêem que em 2019 tenha tido um Prejuízo de $238 M.

Portanto, neste caso, o crescimento muito forte das Receitas não levou a empresa a ter Lucros, na realidade até aumentou os Prejuízos.

Mas, foi uma 80-bagger!

Borja

Borja

Leave a Replay

Quer uma Tenbagger* Grátis? 

* Tenbagger – uma ação que poderá valorizar mais de 1000%